Ser Mãe – Comunicação Não Violenta – Katiuscia Santana

Olá Pessoal,

Vamos falar sobre ser mãe!!

Quem me conhece sabe que eu sou mãe de duas filhas lindas, uma de 15 anos e outra de 02.

Ai vem os questionamentos, mas nossa depois de tanto tempo arrumar outro filho, você quis? Minha risada simpática diz que sim, mas minha mente “maquiavélica” diz não é da sua conta… (Né Márcia Moraes), aqui foi piada interna gente, mas de um modo geral, é isso que queremos dizer né, afinal o que as pessoas tem a ver com isso?

O Fato é, que aqui não estou falando só das alegrias e tristezas de ser mãe, mas como me comunicar com o mundo e principalmente com meus filhos, sem que eu não me expresse de forma violenta.

Tendemos a colocar nossas frustrações nos outros, em forma de agressividade, inveja, ou carência, na tal da co-dependência.

Então, quando assumo as rédeas da minha vida, e entendo que não sou vitima do mundo, entendo que as responsabilidade do que me acontece são frutos das minhas escolhas, assim sendo, não adianta usar o bordão “se me atacar eu vou atacar”… hahahahahaha (adoro este bordão).

Mas o fato é que não podemos despejar no outros os sentimentos que são nossos. Partindo desde pré suposto, não podemos colocar em cimas de nossas crianças nossas sombras que ainda não foram iluminadas.

Não repita padrão… pare por alguns instantes e veja quais comportamentos você vem repetindo que são dos seus pais?

Se conseguir identificar, pare novamente e entenda como era a época que eles te criaram, qual era o cenário? Entenda que isso é o que eles pudiam te dar naquele momento, porque certamente foi reproduzindo o que tiveram, é que foi possível dar o que deram.

Entendido isso, olhe para o cenário de hoje e veja onde você e seus filho (s) estão inserido (s)? Percebe que eles são de longe, mais espertos do que nós?

Nosso erro é achar que podemos ensinar mais aos nossos filhos, quando na verdade eles é quem nos ensina a todo tempo. Só precisamos ter disposição para olharmos pra eles e enxergar o que eles estão querendo comunicar.

Mas isso dá trabalho? Dizer porque sim, porque eu quero, porque um mando é sempre mais fácil, e assim os ensinamos logo cedo o que é hierarquia, mas hierarquia vem de poder, e se por qualquer razão eles entendem que tem algum tipo de poder sobre os pais, ai os papeis se inverte não é mesmo?

Então minha sugestão é, pais ESCUTEM seus filhos, e parem de ouvir só pra responder. E dentro de algo que seja possível para ambos, faça acordos, sejam parceiros, faça os entender empatia, colocando-se nos seus lugares, assim eles por algum momento poderão entender o que vocês sentem… porque não é no grito que eles aprendem.

Ser mais energético para se fazer escutar, é diferente de gritar, quando preciso fazer com que minha bebê de dois anos, entenda o que estou dizendo, tenho que falar mais firme e funciona mais, quando me abaixo para falar com ela olho no olho. Porque ai ela olha pra mim e deixa de fazer outras coisas que pra ela é muito mais interessante.

Com a de 15 não é diferente, ela não é “aborrecente” ela tem seus dilemas, mas ela não me aborrece com os seus, afinal são dilemas dela, que ela elegeu pra ser dela, e eu só posso ajudar quando ela pedir. Não invado seu espaço, acolho quando ela pede, muito embora me lembrei de que ontem ela me pediu para fazer Reiki nela e eu não fiz (sorry).

Mas é isso, mesmo com ela, as vezes, preciso ser mais energética, mas ainda colocando meu ponto de vista, porque meu ponto de vista esta relacionado as experiencias que eu tive, assim dou a ela a escolha de ter as delas, só sinalizando as consequências de tais.

Não existe formula mágica, cada um carrega o dom de ser capaz, de ser feliz… já dizia a musica. Se deixar, ficaremos dias falando sobre este tema.

E é isso, nunca se esqueça de olhar pra dentro, só temos as respostas ouvindo nosso coração,  mas acho que por hoje, espero ter trazido alguma luz e alguma paz aos corações das mamães de plantão…

Com amor fraterno e beijinhos de luz!!!

Katiuscia Santana

2 comentários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s